Prefeitura de Encruzilhada do Sul 


Acesso Rápido

Notícias » 80ª Corrida do Fogo Simbólico

29/08/2017

Na última sexta-feira, 25 de agosto, a Liga da Defesa Nacional, realizou o roteiro de entrega do Fogo Simbólico e neste ano, o nosso município esta inserido na programação. 
O atleta encruzilhadense Deivid Batista Pinto, que também é funcionário do quadro da Prefeitura Municipal, recebeu e conduziu a centelha principal da Praça da Santa Bárbara, até a Praça Dr. Ozy Teixeira para a solenidade, com a escolta da Brigada Militar. Deivid estava acompanhado dos alunos da Joaquim Morais Marques de Oliveira e Eduardo Louzada de Almeida (EMEF Dom João VI), Everton Luiz Marques de Oliveira e Andrine Eymael Costa (EMEF Anjo da Guarda), Juliomar Rodrigues de Feitas e Alisson Luz Fontoura (EMEF Machado de Assis), João Victor da Silva Ourives e Gilberto Nunes da Silva Jr. (EMEF Adão Fonseca). 
O atleta encruzilhadense leva o nome do nosso município, praticamente todos os fins de semana, durante as suas competições. Já participou da 6ª Corrida UNIMED Vale do Cai (2º lugar geral), Circuito SESC de corridas em Gramado (3º lugar geral), Corrida do Trabalhador em São Lourenço do Sul (1º lugar), Circuito SEC 2016 em Porto Alegre (Vice-Campeão), Circuito UNIMED em Santa Cruz do Sul 2016 (1º lugar), Corrida de Estrada de Chão e Asfalto em Gravataí (2º lugar), Meia Maratona de 21 km na Praia do Laranjal em Pelotas (2º lugar), Meia Maratona de Rivera no Uruguai (3º lugar) e Ultramaratona Internacional em Porto Alegre 63 km (1º lugar). Também participação em 05 corridas cross, 04 etapas trilhas e montanhas, 01 prova de pista da UCS, 06 meias maratonas, 03 meias maratonas. 
Ao total foram 86 provas em 02 anos praticando o esporte, percorrendo 34 cidades diferentes, esteve no pódio por 78 vezes, sendo que em 48 em 1º lugar. Deivid representa as esquipes VAMO QUE VAMO da cidade de Portão e Açores de Porto Alegre, em corridas de 400 e 1.000 metros. 
Estavam presentes na ocasião o Prefeito Artigas Teixeira da Silveira, Secretário de Educação Solismar Ribeiro Figueiró e sua equipe, Chefe de Gabinete Mirian Froming, Secretário de Obras Jorge André Barra Cardoso e Brigada Militar. Além das escolas Municipais Anjo da Guarda, Adão Freitas Fonseca, Machado de Assis, Dom João VI Marechal Rondon, Bibiano Batista, Cassiano José Morales. Escola Estadual Borges de Medeiros, representada pela turma 916.
O Prefeito Artigas recebeu a centelha do Dr. Fernando Palermo, Presidente da Associação de Veteranos da Polícia do Exército do Rio Grande do Sul. Também fizeram parte da comitiva da Liga de Defesa Nacional o Capitão R1 do Exército Oscar de Oliveira Ramos Neto e Soldado da Força Aérea Brasileira William Guedes. Após o atleta Deivid Pinto, acendeu a Pira da Pátria. 
O acendimento do Fogo Simbólico da Pátria deu início no Estado às comemorações dos 195 anos de Independência do Brasil. O fogo feito pelo Grupo Escoteiro Guia Lopes passou pelas mãos dos representantes de nove modalidades olímpicas até chegar aos presidentes da GNU e LDN, que acenderam a Pira. A partir desta, cinco centelhas inflamadas foram conduzidas por compatriotas no território gaúcho, em Encruzilhada do Sul, liderado pelo Dr. Fernando Palmeiro, para que no dia 1º de setembro, todos os municípios acendam simultaneamente a Pira da Pátria e deem início à Semana da Pátria. Até o início da programação, a centelha fica sob a da Secretaria de Educação.

Programação:
01/09 (sexta-feira) 8h30min-17h Abertura oficial 
04/09 às 8h30min: Hasteamento das bandeiras com a participação da EMEF Machado de Assis

17h: Arriamento das bandeiras com a participação dos Prés A e B das EMEIs e apresentação da EMEF Machado de Assis. 
05/09 às 8h30min: Hasteamento das bandeiras com a participação da EMEF Anjo da Guarda.
17h: Arriamento das bandeiras com a participação dos Prés A e B das EMEIs e apresentação da EMEF Anjo da Guarda. 
06/09 às 8h30min: Hasteamento das bandeiras com a participação da EMEF Adão Freitas Fonseca.
17h: Arriamento das bandeiras com a participação dos Prés A e B das EMEIs e apresentação da EMEF Adão Freitas Fonseca.
Histórico:
O “Fogo Simbólico da Pátria” surgiu em 1937, com a ideia de um grupo de patriotas, no Rio Grande do Sul, que procurava um símbolo que representasse o ardor cívico do nosso povo. A escolha recaiu sobre o FOGO, elemento cuja descoberta deu início à evolução do homem. Levada a ideia à Liga de Defesa Nacional, foi acolhida com muito entusiasmo, sendo completada com o acréscimo de que o Fogo Simbólico da Pátria deveria percorrer o território nacional, numa corrida de revezamento que iria ser denominada “Corrida do Fogo Simbólico da Pátria”.
Assim, em 1938, foi realizada uma pequena corrida, num trecho de 26 km, entre as cidades de Viamão e de Porto Alegre, constituindo-se ela a primeira Corrida do Fogo Simbólico da Pátria. 
Em nível estadual o tema será “corrida do fogo simbólico da pátria” com homenagens à “80ª corrida do fogo simbólico da pátria e 70 anos da chama crioula”. Oswaldo Cruz e o centenário da morte do sanitarista serão o tema e a homenagem trabalhados em nível nacional.

Telefones Úteis