Prefeitura de Encruzilhada do Sul 


Acesso Rápido

Notícias » Empreendimento valoriza sementes crioulas

05/09/2015

 

Com capacidade de processamento de 400 toneladas por ano, a Unidade de Beneficiamento de Sementes Crioulas de Encruzilhada do Sul entrou em operação oficialmente na manha de 3 de setembro, com expectativa de envolver mais de 18 mil famílias de agricultores familiares no Rio Grande do Sul. A inauguração do complexo, administrado pela Cooperativa dos Fumicultores do Brasil Ltda. (Cooperfumos), teve a participação do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, e incentivará a produção, em maior escala, de grãos como milho, feijão e pastagens tradicionais, que não passaram por processos de melhoramento genético, entre os agricultores familiares.

 

O investimento na construção do prédio e compra do equipamento atingiu R$ 1,8 milhão. Metade do valor foi obtido por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para a construção do prédio. A outra parte teve o apoio da Petrobras, através da área de Responsabilidade Social, para a aquisição do maquinário. O dirigente da Cooperfumos, José Gilberto de Oliveira Tuhtenhagen, explica que metade do valor total obtido dos órgãos federais foi a fundo perdido e a outra parte por meio de financiamento com subsídios, com três anos de carência e dez anos para o pagamento.

 

A instalação da unidade ainda teve o apoio da Prefeitura de Encruzilhada do Sul, que cedeu à Cooperfumos a área de 5,7 hectares. A prefeita Laíse Souza ressaltou a importância do empreendimento para a geração de renda e trabalho na agricultura. Além disso, destacou que o projeto contribuirá para a permanência dos produtores rurais no campo. A estrutura de beneficiamento apresenta balança, moega, equipamento de pré-limpeza, dois secadores, mesas dissimétricas para a classificação das sementes e ensacadeira. O processo ainda inclui teste de germinação, tratamento para controle de insetos e fungos e distribuição – tudo sem nenhum tipo de modificação genética.

 

Esta semana houve a distribuição do primeiro lote com aproximadamente 60 toneladas de sementes de milho e feijão para o plantio em área de quilombos e por pequenos produtores do Estado. Durante a solenidade de inauguração, o ministro e representantes dos outros órgãos parceiros da unidade de Encruzilhada do Sul fizeram a entrega simbólica dos produtos a dois agricultores.

 

QUALIDADE: O dirigente da Cooperfumos, José Gilberto de Oliveira Tuhtenhagen, explica que em torno de 60 técnicos em todo o Estado participam do projeto de recuperação de sementes que já estavam praticamente perdidas. Inicialmente, a unidade Encruzilhada do Sul distribuirá basicamente sementes de milho e feijão para o cultivo dos agricultores. Mas com o inicio da colheita no próximo mês, o complexo começará a receber aveia branca e preta e há o trabalho de mapeamento para o trabalho com soja e espécies que servem para a adubação verde, como ervihlaca, além de canola e linhaça. O dirigente da Cooperfumos explica que a atividade focará muito o plantio após a colheita do tabaco.

 

Após o beneficiamento e industrialização das sementes, a unidade de Encruzilhada do Sul fará a comercialização com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que indicará os pontos de distribuição no Estado. Tuhtenhagen explica que o objetivo é obter sementes de qualidade. Para isso, haverá o apoio dos técnicos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A produção fora dos padrões para o cultivo será direcionada a fabricação de ração. Além dos associados da Cooperfumos, a produção envolverá produtores ligados ao Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA). (Fonte: Otto Tesche, Gazeta do Sul, 04/09/15)

Telefones Úteis