Prefeitura de Encruzilhada do Sul 

Prefeitura de Encruzilhada do Sul



Acesso Rápido

Notícias » Departamento de Trânsito busca redução de velocidade na Olegário Moreira

11/09/2015

 

Uma das vias nas quais foram registradas quantidades expressivas de acidentes de trânsito é a Olegário Moreira, no Bairro Alto Alegre. Além de colisões de veículos com danos leves, envolvendo prejuízos de ordem material, infelizmente óbitos também foram registrados, provavelmente em função da alta velocidade desenvolvida no trecho por alguns motoristas. Um dos casos, há cerca de um ano, causou uma vítima que faleceu depois de algum tempo hospitalizada. Tanto o condutor como o veículo não foram identificados.

 

Moradores daquele trecho têm se mostrado bastante preocupados com o excesso de velocidade de alguns condutores de veículos, especialmente motociclistas. Tal preocupação foi levada ao Departamento Municipal de Trânsito. Relatos dão conta do medo de pais com relação aos filhos que precisam caminhar pela Olegário Moreira para se dirigirem à escola, por exemplo.

 

Visando atender a justa reivindicação dos moradores,  o Departamento  Municipal de Trânsito instalou ao longo da Avenida Olegário Moreira, três linhas de tachões. Placas indicativas sinalizando os tachões, de acordo com a legislação, também foram colocados.

 

Mesmo com os tachões, alguns motoristas para não reduzir a velocidade, passaram a invadir a calçada. Isto obrigou a colocação de pedras  em cima das calçadas.

 

O secretário de Obras Urbanismo Saneamento e Viação Urbana, Alvino Silveira Machado, esteve vistoriando a Olegário Moreira, acompanhado pelo assessor Amair Palermo Pires e a coordenadora do Departamento Municipal de Trânsito, Mara Borba.

 

“Infelizmente constatamos que determinadas pessoas, deliberadamente, quebraram e arrancaram alguns tachões para facilitar a passagem de motociclistas, sem reduzir a velocidade”, lamenta o secretário Alvino. Ele destaca que tal ação é representa dano ao patrimônio público e os responsáveis podem ser penalizados de acordo com a lei. “Estamos pedindo o apoio dos moradores da região para que nos auxiliem na preservação dos tachões”, destaca o secretário.

Telefones Úteis