Prefeitura de Encruzilhada do Sul 

Prefeitura de Encruzilhada do Sul



Acesso Rápido

Notícias » Programa Mais Médicos fará encontro regional em Encruzilhada

17/03/2016

 Cerca de 30 profissionais que trabalham no Programa Mais Médicos estarão em Encruzilhada do Sul, nesta sexta-feira, dia 18 de março. Ao longo do dia eles participam, na sala de reuniões do Sindicato Rural, de uma capacitação a ser desenvolvida pela UFPel (Universidade Federal de Pelotas). Além dos quatro médicos cubanos que atuam em Encruzilhada do Sul – Juan Alberto Dominguez, Algi Marzo Rodrigues, Yallin Leyva Gisbert e Aliuska Utria Vera, virão médicos de vários municípios da região.

 

     Algi Marzo explica que tais encontros ocorrem  a cada quatro meses. Trata-se do acompanhamento das atividades acadêmicas destes médicos, feito por tutores e supervisores vinculados às universidades públicas que aderiram ao programa. A UFPel é uma destas Universidades. Além disso, todos os profissionais cursam, durante sua participação no Mais Médicos, especialização em atenção básica, oferecida pela Universidade Aberta do SUS (Uma-SUS), na modalidade de educação à distância.

 

     SAIBA MAIS:  O Programa Mais Médicos completou dois anos e meio de existência. Neste período, garantiu 18.240  médicos em 4.058 municípios (73% dos municípios brasileiros), enfrentando de forma inequívoca a insuficiência ou mesmo ausência desses profissionais nas periferias das grandes cidades, nos pequenos municípios, comunidades quilombolas indígenas e assentadas, sertão nordestino, populações ribeirinhas, entre outras, que nunca contaram ou não conseguiram fixar médicos.

 

     Esses profissionais estão garantidos atendimento a 63 milhões de brasileiros que não contavam com atendimento nas unidades de saúde próximas de suas casas.

 

     São mais consultas a médicos preparados para cuidar de toda a família e com capacidade de resolver 80% dos problemas que levam as pessoas a procurar atendimento. É mais acompanhamento de pré-natal, de pacientes com doenças crônicas e problemas relacionados à saúde mental, da saúde da mulher, da criança, do adulto e do idoso, mais garantia de cuidado imediato em situações de pequena urgência, entre outros. Cuidado personalizado e humanizado perto da casa por um médico e por uma equipe que se vincula ao paciente e sua família resolvendo problemas de saúde e evitando que as pessoas precisem de atendimento nas emergências, hospitais e consultas com especialista.

 

     Dos 18.240 médicos que trabalham no Programa, 11.400 são cubanos, 1.500 de outras nacionalidades e 5.300 brasileiros.

 

    Outras informações acesse www.maismedicos.org.br

Telefones Úteis