Prefeitura de Encruzilhada do Sul 

Prefeitura de Encruzilhada do Sul



Acesso Rápido

Notícias » Transporte coletivo rural foi tema de audiência pública

13/12/2016

      Na última sexta-feira, a partir das 19 horas, foi realizada na Câmara de Vereadores, uma audiência pública convocada pela prefeita Laíse Gorziza de Souza, voltada ao transporte coletivo rural. Na ocasião foi debatido e coletadas informações com vistas a abertura do processo de licitação para prestação do serviço de transporte coletivo  no interior do município.
       Inicialmente o secretário municipal de Administração, Pedro Florisbal Machado, fez um relato das medidas tomadas na atual gestão referente a questão, recordando que em janeiro de 2013 a prefeita Laíse Goriza de Souza já havia autorizado a abertura do processo licitatório, sendo realizada uma audiência pública em 21 de maio do mesmo ano.  Após a audiência foi criada  uma comissão para elaborar planilhas de custo e itinerários e em 20 de maio de 2014, a comissão aconselhou que a Prefeitura contratasse uma empresa para realizar o diagnóstico do transporte coletivo municipal, devido a complexidade do assunto.  O planejamento do edital demandou um bom tempo, principalmente relacionado a busca de orçamentos. No segundo semestre de 2015, com o início dos efeitos da crise financeira, o decreto de situação de emergência suspendeu a celebração de novos contratos. No dia 5 de fevereiro de 2016, a Prefeitura contratou Cristian Vasconcellos Carvalho, engenheiro com pós-graduação em infraestrutura de transportes . Desde então ele vem trabalhando na elaboração das planilhas, buscando dados e verificando os itinerários.
    Na audiência pública, o engenheiro Cristian Vasconcellos apresentou a atual realidade do transporte coletivo no interior do município. Em função da grande extensão territorial do município, êxodo rural e aumento das pessoas que nos últimos anos compraram automóveis ou motos, vem diminuindo o número de passageiros. Isto levou a inoperância de seis das 15 linhas existentes.  Em outras linhas foram reduzidos os dias e horários.
     O empresário Izar Pothin e o representante do Expresso SB, Joel Damé, se manifestaram ao longo da audiência, tecendo várias considerações e dando sugestões com relação ao transporte coletivo no interior do município. Ambos destacaram a dificuldade de manutenção das linhas, em função da diminuição do número de passageiros.
     Ficou estabelecido que irá continuar a análise sobre os vários aspectos que envolvem o transporte coletivo, incluindo a elaboração de planilhas, reavaliação de itinerários e definição de paradas, além de pelo menos mais uma audiência pública, antes da elaboração do decreto que vai abrir a licitação.

Telefones Úteis