Ir para o conteúdo

Prefeitura de Encruzilhada do Sul - RS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Encruzilhada do Sul - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagran
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
13
13 ABR 2015
Prefeita encaminha projeto reajustando salários dos servidores
enviar para um amigo
receba notícias

   

    Nesta segunda-feira, dia 13, a prefeita Laíse de Souza Krusser enviou projeto de lei à Câmara de Vereadores,  concedendo revisão geral anual aos servidores municipais, em 8,41%.

Na mensagem ela solicita ao Legislativo que o projeto seja apreciado de imediato, haja vista que o mesmo é retroativo a 1° de abril e a necessidade dos novos valores serem incluídos ainda na folha de pagamento do corrente mês.

      Antes de enviar o projeto a prefeita recebeu, na manhã de segunda-feira em seu gabinete, o presidente do Sindisul, Pedro Lúcio da Silveira e os diretores Adriano Coelho e Claudionir Silveira Corrêa (Guinho).Também participaram da reunião o secretário de Administração, Pedro Florisbal Machado, a secretária da Fazenda, Rejane Aparecida Machado e o secretário geral de Governo, Alaur Soares.

    Laíse recordou que vem buscando, desde que assumiu a Prefeitura, a recomposição salarial dos servidores cujos proventos foram defasados nas últimas administrações. Além disso a prefeita vem priorizando os servidores que possuem as remunerações menores, dando a estes maior reajuste.

     Durante a reunião com os representantes do Sindisul, a chefe do Executivo se mostrou preocupada com os sucessivos cortes nos repasses que o município recebe tanto do governo federal como do estadual, o que dificulta as ações da Prefeitura, incluindo a política de reajuste dos funcionários.  Na semana passada, por exemplo, a presidente Dilma Rousseff divulgou que os cortes no Orçamento de 2015 serão grandes e que os municípios devem se preparar  para a redução de recursos do governo federal.

     O presidente do Sindisul disse estar consciente das dificuldades da economia em todo o Brasil e seus reflexos nos municípios. “Noto a sinceridade na exposição feita pela prefeita e entendemos as dificuldades do município”, destacou, elogiando o diálogo franco e permanentemente aberto entre a Prefeitura e o Sindicato.

     No projeto de lei enviado à Câmara de Vereadores foi utilizado o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) um dos principais indicadores brasileiro da variação mensal dos preços. Tal índice mede a variação do custo de vida das famílias com chefes assalariados e com rendimento mensal compreendido entre 1 e 5 salários mínimos mensais, o que representa aproximadamente 50% das famílias brasileiras. Foi excetuado do projeto o magistério e os agentes comunitários de saúde. O primeiro teve seus níveis majorado pelo Piso do Magistério em 13,01% e o segundo em atendimento a lei federal, passando de R$ 667,46 para R$ 1.014,00.

     

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia